Provérbios alusivos ao Carnaval


Eis aqui alguns dos mais conhecidos ditados populares sobre o Carnaval, festa também conhecida por Entrudo.

É Carnaval, ninguém leva a mal.
No Carnaval nada parece mal.
No Entrudo come-se tudo.
Não há Entrudo sem lua nova nem Páscoa sem lua cheia.
Entrudo borralheiro, Natal em casa, Páscoa na praça.
Entrudo borralheiro, Páscoa soalheira.
Namoro de Carnaval, não chega ao Natal.
Carnaval na eira, Páscoa à lareira.
Quem quiser o alho cachapernudo, plante-o no mês do Entrudo.
No Natal semeia o alhal mas se o quiseres cabeçudo fá-lo no Entrudo.
Do Natal ao Entrudo é um mês que nem um burro e, quem bem contar, sete semanas lhe há-de achar.
Dos Santos ao Natal, cada dia mais mal; do Natal ao Entrudo, come capital e tudo.
No Natal, fiar; no Entrudo, dobar; na Quaresma, tecer; e na Páscoa, coser.
Alegria, Entrudo, que amanhã será cinza.
Farta-te gato, que é dia de Entrudo.
Pelo Entrudo, cartaxo penudo.
A vida são dois dias e o Carnaval são três.
.

Artigo publicado no tema Diversos temas escolares. Adicionar aos favoritos link permanente.

Deixe a sua opinião: